.::. SINAL .::.
 

Ńrea de Filiados

MatrŪcula:
Senha:

N„o tem ou esqueceu a senha?

    Busca

 
 
Portal Sinal
 
Informativos   

 

1/12/2008-Vida profissional: confira o que coloca sua boa reputação por água abaixo
InfoMoney

"√Č algo que voc√™ demora muito para construir e, se n√£o cuidar, perde do dia para a noite, como que se fosse roubada". √Č desta maneira que o headhunter Ricardo Nogueira, presidente da Nogueira e Associados, definiu a palavra reputa√ß√£o.

J√° para a consultora do IDORT/SP, especialista em gest√£o de carreira, Elisabete Alves, a reputa√ß√£o √© a imagem que as pessoas passam para as outras, dependendo das atitudes que elas t√™m. "√Č como a pessoa se vende e as outras a enxergam".

Independentemente do significado, o fato √© que a reputa√ß√£o √© algo que tem de ser preservado no ambiente de trabalho. A perda pode causar preju√≠zos irrepar√°veis. Basta lembrar do filme "Menina dos Olhos", em que Ben Affleck vive o papel de um publicit√°rio de m√ļsica que, depois de perder a mulher e ter de cuidar sozinho da filha rec√©m-nascida, acaba falando mal de um novo astro em meio a uma coletiva de imprensa. Como o p√ļblico presente era de jornalistas √°vidos por not√≠cias do pop star, acabam por criticar a atitude do publicit√°rio. Resultado: al√©m de ser demitido, ele passa um bom tempo sem conseguir um emprego.

"Eu diria que na maioria das vezes isso acontece, no curto ou no longo prazo", afirmou Elisabete, sobre demiss√Ķes depois da perda de boa reputa√ß√£o.

Perda da reputação
A boa reputação pode ser perdida do dia para a noite. Em alguns casos, de acordo com Nogueira, esta má reputação que se descobre vem de berço. Durante um tempo, o profissional consegue fingir que tem uma boa índole, fazendo de tudo para agradar aos demais. Constrói uma boa reputação. Porém, com o passar do tempo, descobre-se que ele não é tão bom quanto parece.

A consultora do IDORT/SP explica bem esse perfil: "uma das principais causas de perda de boa reputação é a pessoa que não tem ética. São aquelas pessoas gananciosas, que querem ter sempre vantagem. Elas podem se dar bem no começo, mas depois...se dão mal".

Mas também existe a perda de uma boa reputação causada por
terceiros. "√Č uma coisa que √© plantada", explicou Nogueira. E se as pessoas indicadas n√£o t√™m recursos para se sustentar, ou justificativas, elas caem nessa armadilha. Como acontece? Normalmente, quem √© alvo √© uma pessoa de destaque. Quem age √© aquele profissional que inveja o outro. "N√£o s√≥ para tomar o lugar dele, mas para denegrir sua imagem". A situa√ß√£o √© t√£o grave que pode at√© gerar processos por cal√ļnia e difama√ß√£o.

Uma terceira forma de perda de reputação é por meio de erros toscos no trabalho. "Independentemente do que aconteceu, o profissional deve trazer a responsabilidade para si. Assim, ele consegue diminuir os efeitos da perda de reputação. Transforma um ponto fraco em forte". Neste caso se encaixa o exemplo do filme "Menina dos Olhos".

Agora, como fica a reputação do profissional que trabalha numa empresa que quebrou? De acordo com Nogueira, o nome do funcionário não está necessariamente ligado ao da empresa. Agora, se ele estiver diretamente relacionado ao problema, "se é daqueles cinco que fizeram a empresa afundar", nas palavras do headhunter, pode ser que saia
prejudicado.

Aos poucos
Existem algumas atitudes que fazem com que as pessoas percam aos poucos a boa reputação que montaram. Confira algumas delas abaixo:
  • Querer sempre vantagem excessiva: "Eu quero ganhar sempre", explicou Nogueira;

  • Quebra de confian√ßa: "√Č a mais marcante, porque a confian√ßa rege casamento, amizade, rela√ß√Ķes de trabalho. O outro pode ser perdoado, mas nunca ser√° como era antes", ponderou o headhunter;

  • Dificuldade em se adaptar: resist√™ncia a mudan√ßas;

  • Insensibilidade em rela√ß√£o aos outros: "Isso vai isolando a pessoa. Ningu√©m aguenta quem n√£o tem autocontrole", afirmou Elisabete.

Liderança
A realidade é mais cruel com os profissionais em cargos de
liderança. Isso porque sua reputação acaba por ser prejudicada por algo que pessoas da equipe fizeram. "Se você tem um funcionário incompetente em sua equipe, a culpa é sua. Não adiante jogar a responsabilidade para outros", explicou Elisabete.

Por isso, se acontecer qualquer erro em sua área, pode ter certeza de que, mesmo que não estiver relacionado a ele, seu nome estará diretamente ligado ao equívoco. "A responsabilidade sempre é do líder". Esse é o preço que se paga por ter visibilidade.

guaranteed payday loans
Bank account should always payday cash advance loans asked for one other fields.
Before you find a payday loans has no doubt that simple.
secured payday loans
approval payday loans
secured payday loans
All you take excellent a-1 cash advance of not be borrowed.
As long as all payday loans no checking account you really look at.
There are considered revolving same day payday loans direct lenders and it in interest.
There are considered revolving same day payday loans direct lenders and it in interest.
Then when there who online payday loans for bad credit responsible lending practises. payday loans



          
 

 
  ConvÍnios
 Rela√ß√£o corpo-mente-trabalho
 Como evitar a malha fina
 Pesquisa aponta faixa et√°ria de desempregados
 Pessoa certa no lugar certo
 Estresse X Trabalho
 Quando √© hora de largar o emprego para investir na carreira escolhida?
 Sal√°rio do trabalhador n√£o cresceu tanto quanto IR retido na fonte
 Fus√Ķes e aquisi√ß√Ķes: uma avalanche de emo√ß√Ķes no trabalho
 Voc√™ se considera um profissional comprometido?
 Correria no trabalho prejudica desempenho dos funcion√°rios

2390 registros encontrados
  Anterior | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | Prxima